Pesquisar

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Quaresma realiza primeiro treino no Porto

O primeiro treino do ano teve porta aberta e cerca de dez mil adeptos nas bancadas do Estádio do Dragão para receber Ricardo Quaresma, a cara nova para 2014. O regresso do extremo foi saudado pelos seguidores do clube azul e branco.
O internacional português entrou no relvado ao lado de Silvestre Varela, poucos minutos depois das 15 horas. Antes da sessão, os capitães Helton e Lucho falaram ao Porto Canal e desejaram que Quaresma possa ser tão importante como na primeira passagem pelo clube.
Ricardo Quaresma, de qualquer forma, concentrava atenções. Pinto da Costa marcou presença e explicou a chegada do extremo:« Veio porque o treinador entendeu que necessitava de mais um extremo e a sua prioridade recaiu no Ricardo Quaresma. Não foi fácil. Ele já fez exames médicos e tem treinado porque passou por uma longa paragem. Vai ter dificuldades iniciais, mas já estão a ser minoradas pelo que tem trabalhado».
O internacional português apresentou-se com o peso ideal, faltando o necessário ritmo competitivo. Durante a sessão, deu nas vistas com os habituais toques de habilidade, provando que quem sabe não esquece. Ainda assim, Alex Sandro foi o seu marcador direto e não lhe deu grandes espaços. Um duelo interessante.

«Desejo voltar a ser feliz»

Depois do indispensável aquecimento, o treinador do FC Porto promoveu um exercício de circulação de bola, seguido pela tradicional peladinha. Durante a mesma, Paulo Fonseca chegou a dialogar com Ricardo Quaresma, puxando pelo extremo. Algo que continuará a fazer daqui para a frente.

«Estou muito satisfeito com a chegada do Ricardo. Noto grande entusiasmo e motivação da parte dele. Espero que possa evoluir, já que esteve parado, para poder dar contributo à equipa. O Ricardo tem capacidade para mexer com os adeptos, espero que nos jogos também os possa entusiasmar com grandes prestações, golos e ajuda à equipa», disse o técnico ao Porto Canal.

Quaresma sente-se feliz pelo regresso ao Dragão: «Estou feliz por regressar a casa. Desde que falei com o presidente que recuperei a alegria. Estando feliz, não tenho receio de nada.»






Sem comentários: